Como ter o que você quiser em 2014

PDF pagePrint page

sucesso_conquistarEsqueça o horóscopo, as simpatias e o senso comum, o que definirá se 2014 será um ano de sucesso para você é a sua capacidade de aprender, superar o fracasso e manter o equilíbrio emocional. Isso não é mais um disco furado de auto-ajuda repleto de palavras motivadoras. É a pura verdade. Falo isso com o suporte de dois caras que sabem muito sobre o comportamento humano, os autores do livro “The Winner’s Brain”.

O psicólogo e o neuroscientista, ambos da Harvard Medical School, foram atrás das características mentais do sucesso e para isso pegaram pessoas bem-sucedidas das mais variadas áreas. Uma atriz de Hollywood, uma lenda do Blues, um medalhista olímpico e até um agente do FBI. O que tornam essas pessoas bem-sucedidas em suas áreas altamente competitivas? Talento? Sorte? Dinheiro? Isso até pode dar um empurrãozinho, mas o principal fator é a sua capacidade de treinar a sua mente para vencer. Identificando áreas-chave do cérebro humano e como elas se relacionam, fica um pouco mais fácil trabalhá-las. Enfim todas as palestras motivacionais que vimos parecem fazer mais sentido quando olhamos da perspectiva da ciência.

Ao contrário do que se pensa, o cérebro é algo moldável. O termo técnico para isso é “neuroplasticidade”, a capacidade que o cérebro tem de alterar seu funcionamento devido a experiências passadas. Retire o “eu nasci assim” do seu discurso. Os genes jamais determinarão o sucesso ou o fracasso de um ser humano. Sorry, Darwin.

As 8 estratégias mais utilizadas pelas grandes mentes

1. Autoconsciência: pense em você para vencer

Seja você mesmo e você chegará lá. Blá blá blá. Você já ouviu isso antes, e aí, mudou? Pois deveria. Exercitar a autoconsciência ajuda o cérebro a processar melhor nossas duas personas —  particular e pública. Todos nós agimos de uma maneira com os amigos e outra em púbico e no trabalho. Quando as duas são próximas (e você não tenta esconder nada), é mais fácil que os outros percebam o verdadeiro você. Você se abre mais e age de forma mais natural, transmitindo confiança e autenticidade — elementos importantíssimos para o sucesso.

2. Motivação: cultivando o caminho para o sucesso

Eis a motivação de uma forma mais simples e direta: faça uma lista de todas as tarefas chatas que precisa fazer e tem procrastinado, então pense em um ou dois bons motivos para conclui-lo. Por exemplo, eu não sou muito fã de eventos sociais formais, mas eles são importantes para o networking e a visibilidade profissional, então eu vou.

3. Foco: concentre-se no que é importante

Pessoas de sucesso sabem o que querem e, embora nem sempre saibam onde procurar, o objetivo claro na mente facilita a descoberta de novos caminhos e soluções. Objetivos são importantes porque ajudam a ajustar o foco no horizonte. Você pode ter mais de um, mas só trabalhe um de cada vez. Campeões sabem que para chegarem ao título, precisam vencer um jogo por vez.

4. Equilíbrio emocional

Agressividade é fundamental em um bom vendedor. Já o medo ajuda a colocar o pé no acelerador e a coragem a matar no peito e ir em frente. O ser humano tem a capacidade de sentir todas essas emoções, mas quando e em que quantidade depende somente dele, da sua autoconsciência, autocontrole e sabedoria. Os autores do livro citam um estudo em que demonstra que pessoas felizes ganham mais dinheiro, apresentam desempenho superior e ajudam mais os outros. A felicidade é uma decisão se você treinar o seu cérebro o suficiente.

5. Memória: “lembre-se” de ter a mente de um vencedor

Se você já viu algum discurso de técnicos de futebol americano (aqui um e outro), tem ideia de como é a mente de um vencedor. Eles são programados para ganhar, um estado mental tão claro e forte que é quase impossível alguém ou alguma situação penetrar. Quando a situação estiver difícil, lembre-se que você é bom no que faz, já fez muitas e muitas vezes, se preparou bastante para aquilo e teve várias vitórias antes de chegar aonde você está. Cuidado para não perder o jogo antes de entrar em campo.

6. Resiliência: de volta para o sucesso

Ninguém nasce acostumado com o fracasso. De fato, todos o temem. A resiliência é uma das mais importantes e difíceis qualidades do sucesso a ser desenvolvida. Mas pense em uma competição esportiva, por exemplo uma meia maratona. Por mais que você se prepare, se não é profissional, dificilmente chegará entre os primeiros. Então, fica-se feliz só em completar a prova. Mas pode ser que seus músculos entrem em exaustão e você seja obrigado a desistir. Você deu o seu máximo e percorreu vários 10km com suas próprias pernas. Essa é uma derrota vitoriosa, na próxima vez com certeza você se sairá melhor. É essa mentalidade que se deve ter em outros campos da vida. Pessoas de sucesso não se acostumam com o fracasso, elas o veem como algo natural.

7. Adaptabilidade: remoldando o seu cérebro para vencer

Você já deve ter visto aqueles cursos de memória que prometem grandes resultados com testes e exercícios. Não é apenas com a memória que isso funciona.  Todo o nosso cérebro é moldável e cada ação ou decisão que você toma (consciente ou  inconscientemente) muda a sua mente. A neuroplasticidade, que eu já comentei, é uma das mais fantásticas descobertas da neurociência que eu conheço. Saber que o cérebro muda fisicamente o cérebro demonstra o poder dos nossos hábitos e pensamentos. Aprender algo novo literalmente muda o cérebro. Mas sabemos que mudar é sempre trabalhoso.

8. Brain care: mantendo, protegendo e melhorando o seu cérebro

Assim com o seu corpo, o cérebro fica “feio” e preguiçoso se você não o treina. Ele é uma grande máquina que precisa estar em grande funcionamento para não sair do eixo. O Alzheimer é uma doença que pode ser retardada ao manter o cérebro trabalhando. Se atividades mentalmente desafiantes (xadrez, leitura, palavras cruzadas) conseguem desacelerar uma doença degenerativa dessa magnitude, imagine o bem que elas não fazem se fizerem parte ao longo de uma vida.

Ainda não descobriram o caminho para o sucesso e, talvez, porque não haja “o” caminho. O sucesso não é como uma estrada, está mais para uma mata fechada. O que você precisa é ter as ferramentas e as habilidades certas para atravessá-la. Atente para seus hábitos e pensamentos e livre-se daqueles que tornam você lento e pesado.