Os 10 princípios de uma barbearia que funcionam em qualquer outro negócio

PDF pagePrint page

Eu sou tão novo que quando comecei a me barbear já era comum usar Gillette de  três lâminas e ter uma navalha em casa era como andar com um pente no bolso da camisa. Mas houve uma época em que ir à barbearia era quase como ir à padaria; e o marketing tem algo a aprender com o modo de como aqueles senhores administravam seus negócios.

O lugar predominantemente masculino era parecido com o que é hoje o salão de beleza para as mulheres (deixando o  preço de lado). Era um lugar de socialização em que homens de todas as idades conversavam, conheciam aos outros e se informavam. Os barbeiros possuíam o que toda empresa persegue hoje: a fidelidade dos seus clientes. Eles sabiam exatamente o que oferecer, o que conversar, o que o cliente gostava, o que não gostava e como resultado: o cliente sempre voltava com um sorriso no rosto barbado. Talvez nunca na história das empresas, houve um tipo de negócio com uma taxa de retenção de clientes tão alta. E, talvez, nunca haverá.

Lendo a biografia do Charles Schulz, pude aprender um pouco mais sobre o negócio barbearia, algo que sempre considerei um exemplo de atendimento sem nem mesmo ter sentado na cadeira de um barbeiro.  Carl Schulz era um homem influente (barbeiros costumavam ser bem conhecidos antigamente) na sociedade e no comércio de Minneapolis no começo do século 19. Ele publicou um texto chamado The Art and Science of Barbering que, por algum motivo, guiou toda vida do seu filho Charles além de orientar muitos

Os 10 princípios a seguir são verdadeiras lições de atendimento para qualquer negócio. Leia, absorva, espalhe, imprima, pendure na parede.

  1. Mantenha a boa postura.
  2. Seu uniforme é o sorriso e um semblante convidativo.
  3. Pratique constantemente a amizade.
  4. Fale de maneira clara.
  5. Não ceda tanto à tentação de dar bons conselhos.
  6. Não seja didático.
  7. Seja um bom ouvinte. Um bom ouvinte faz as perguntas certas.
  8. Seja essencialmente informal.
  9. O sucesso de uma pessoa em qualquer área da vida depende da habilidade de chegar a um ótimo acordo sobre a habilidade em vendas.
  10. Não se leve tão a sério.