Depois de várias prorrogações, a isenção do IPI enfim acabou (exceto em caminhões e móveis). Ontem, aconteceu algum muito curioso no Jornal da Globo, o economista Carlos Alberto Sardenberg praticamente desmentiu, ao vivo, o especialista em mercado automotivo Marcelo Cioffi  que acabara de aparecer na reportagem.

A reportagem mostrou que os mesmos carros vendidos aqui no Brasil custam muito menos em outros países da América latina como Argentina, Chile e México. Foram entrevistados a diretora do IBPT que destacou que o Brasil é um dos 5 países de maior carga tributária do planeta e o consultor automotivo.

Em outras palavras, Cioffi disse que carro é caro no Brasil porque tem quem compre. Como o Brasil é um dos países mais ricos da América Latina, as montadoras aproveitam para praticar maior margem e lucrar mais.

Sardenberg foi sutil, mas praticamente disse que não tinha fundamento esse argumento. Vou transcrever uma parte do diálogo entre William Wack e o economista, e o resto vocês veem no video. Vale à pena.

Wack: “Uma das frases ficou na minha cabeça: a de que os carros são caros no Brasil porque o brasileiro pode pagar. Será que é tão grande assim a diferença de poder aquisitivo?”

Sardenberg: “Diria dizer que nos países mais ricos, os carros ficariam mais caros, o que não é verdade. O Chile, por exemplo,  tem maior renda per capita que o brasileiro e os carros são mais baratos. O próprio México tem renda equivalente. Então não é por aí. Eu acho que é basicamente o imposto.”


Comente!
Silvio Divino disse:

e porque o povo brasileiro nao se cansa de ser feito de trouxa pelo governo que so pensa em arrecadar cada vez mais. e as montadoras que aproveita a mare pra nos empurrar carros ruins e caros.

você errou em dizer “arrecadar cada vez mais”, o correto é: “roubar cada vez mais”.

Marcos disse:

Imposto nada! Tem algum peso sim, mas o lucro exorbitante das montadoras é que encarece o carro no Brasil.
Isso sem levar em consideração que para abrir uma fábrica por aqui (no Brasil), os governos estaduais dão anos e mais anos de isenção; além de emprestar dinheiro a um custo quase zero. E em contra-partida, as montadoras nos exploram, exploram os clientes, os funcionários, o estado e depois vão embora, ou mandam milhões de dólares para fora…Enquanto isso o brasileiro paga o dobro pelas carroças!!!

orlando disse:

Vcs estão perfeitos, mas e ai o que muda, boas politicas publicas que melhorem os transportes> onibus, trem, metro. Parar de achar que ter e melhor que ser, ser musico, ser dançarino, ser pai, ser feliz, ser gente boa, do bem, trabalhador, olhar e viajar o mundo.. isso sim e bom. Carro novo atrai bandindo que desmancha por que os que gostam muito de carro compram peças na robalto e vira um ciclo de seguro ignorante, de car system que e uma enganação, de ipva caro. de divida em bancos…

Meu conselho compre um carro velho arrume-o com peças originais, deixe ele em bom mecanica, faça amizade com um bom mecanico. Mas um detalhe importante tem um carro pouco visado tipo. renauld…

boa sorte aqueles que ainda curtem carros em demasia, vão precisar para sustentar.

disse:

Neste momento eu estou na pesquisa de um carro, e meu faço a mesma pregunta: Por que no Brasil os carros são tão caros?

Mas pelo menos encontrei uma página de carros em venda que me faz mais fácil a busca! Aqui tem o link para aqueles que como eu estem procurando carro.

Um saludo,interesante debate.

jocado disse:

O Brasileiro é Burro ou o que?

Não há país no mundo em que um carro novo custe o que custa em nossas terras. Nos países da Europa onde é comum ter impostos bem elevados os carros custam em média um 40% menos que no Brasil. Nos estados unidos, país carrofílo, onde os impostos são baixos para esse tipo de produto há casos em que o carro custa quase 1/3 do que custa por aqui. Na argentina, vizinho nosso é comum ver carros produzidos no Brasil custando 30% menos ou até menos, e lá o imposto não é baixo. Nesses lugares são pouco os carros que vem peladão, o básicão de lá já vem com um monte de parafernália e acabamentos de primeira.

Parte disso é por causa do imposto, parte por causa da ganância de fábricas e revendedores.

Não quero promover greve de compra, nem reclamação sobre os impostos do país. Queria só saber se em algum lugar do mundo tem gente mais mané que nós para comprar automóveis, se tiver já posso dormir feliz, se não vou ficar com uma baita insônia.

E tem gente que diz que nós somos apaixonados por carros, acho que somos é um bando de manes.

Vou deixar uma outra reclamação, porque em muitos países vc encontra um monte de carros que fazem 100km com aproximadamente 5 a 6l de gasolina?

Enzo Averoldi disse:

Sylvio,

Os automóveis são caros no Brasil principalmente por causa da carga tributária. E, na minha honesta opinião, ela deveria aumentar ainda mais.

Imagine a situação: no México, um Honda City custa o equivalente a R$26.000,00. Aqui, o mesmíssimo carro sai por R$50.000,00… A mesma regra vale para quase todos os modelos de automóveis a venda aqui: a maioria sai por 2, 3 ou até 4 vezes o mesmo preço praticado em seus países de origem. E a nossa indústria não pára de vender cada vez mais… Com crise ou sem crise…

Mesmo com preços ridiculamente, estupidamente altos, nós estamos entre os 5 maiores fabricantes de veículos do mundo. Fato é: brasileiro AMA carro. Vende a mãe para comprar um. Se endivida 6 anos, se ferra no crédito massss, tem um carro na garagem.

Resultado? Mais carros na rua, a cada dia que passa. São Paulo já entrou em colapso. O Rio de Janeiro, idem. Curitiba tá indo no mesmo caminho… Enquanto isso, as políticas públicas são direcionadas à construção de novas estradas, pontes e viadutos, em detrimento de um transporte público de qualidade.

Geraldo Franca disse:

Talves um mês sem redução de IPI (caso o governo não volte a prorrogar a isenção) responda a essa pergunta.